ESPAÇO DE ENCONTRO E REFLEXÃO ENTRE CRISTÃOS HOMOSSEXUAIS em blog desde 03-06-2007
comentar
publicado por Riacho, em 28.07.07 às 23:06link do post | favorito
Posição e declaração de princípios da DIGNITY
Acreditamos que os homossexuais, lésbicas, bissexuais e transgéneros, na sua diversidade são membros do corpo místico de Cristo e fazem parte do Povo de Deus.  Temos uma dignidade inerente porque Deus nos criou, Cristo morreu por nós e o Espírito Santo santificou-nos no baptismo, fazendo de nós templos do Espírito e canais através dos quais o amor de Deus se torna visível. Por causa disto, é nosso direito, nosso privilégio e nosso dever viver a vida sacramental da Igreja de modo a nos podermos tornar importantes instrumentos do amor de Deus trabalhando no meio do povo.
Acreditamos que os homossexuais, lésbicas, bissexuais e transgéneros podem expressar a sua sexualidade em concordância com os ensinamentos de Cristo. Acreditamos que podemos exprimir a nossa sexualidade fisicamente, de forma unitiva que é expressão de afecto, dádiva e afirmação de vida. Acreditamos que a sexualidade deve ser exercida de forma eticamente responsável e não egoísta.
DIGNITY organizou-se para unir católicos, homossexuais, lésbicas, bissexuais e transgéneros, bem como às suas famílias, amigos e companheiros de forma a desenvolver uma linha orientadora e a ser um instrumento através do qual possa ser ouvida e ajude a promover reformas na Igreja.
Para ser esse instrumento, aceitamos as nossas responsabilidades para com a Igreja, a nossa herança católica, a sociedade e para com os indivíduos católicos homossexuais, lésbicas, bissexuais e transgéneros.
1.      PARA COM A IGREJA: Trabalhamos para desenvolver uma teologia sexual que conduza à reforma dos seus ensinamentos e práticas relativamente à sexualidade humana e para a aceitação dos homossexuais, lésbicas, bissexuais e transgéneros como membros completos e iguais de Cristo.
2.      PARA COM A SOCIEDADE: Trabalhamos pela justiça e pela igualdade através da educação e apoiando reformas sociais e legais.
3.      PARA COM OS HOMOSSEXUAIS, LESBICAS, BISSEXUAIS E TRANSGENEROS CATOLICOS: Reforçamos o sentido de auto-aceitação e dignidade e encorajamos a uma total participação na vida da Igreja e da sociedade.
Como membros da Dignity, promovemos causas de interesse para os homossexuais, lésbicas, bissexuais e transgéneros católicos. Temos cinco áreas primárias de preocupação e de compromisso:
1.      DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: Empenhamo-nos por alcançar uma maturidade cristã através dos sacramentos, das Escrituras, da oração, um activo amor ao próximo como a nós mesmos e através das celebrações litúrgicas, especialmente a missa.
2.      EDUCAÇÃO: Informar-nos-emos em todos os assuntos de fé e de interesse para as nossas comunidades, de forma a podermos crescer em maturidade e a consolidar a alegria da vida na qual a nossa sexualidade e espiritualidade está integrada.
3.      JUSTIÇA SOCIAL: Enquanto católicos e membros da sociedade, envolvemo-nos em acções que tragam o amor de Cristo aos outros e proporcionem a base de uma reforma social na Igreja e na sociedade. Estamos activamente envolvidos com:
a.       Individualmente: Levamos uma vida de serviço a nós próprios e aos outros, tornando visível o amor de Cristo e ajudando na criação de comunidades centradas no amor.
b.      Grupos Gay, Lésbicos, Bissexuais e Transgéneros: Trabalhamos com muitos outros grupos na procura da justiça para todas as pessoas e para promover um sentido da solidariedade dentro das comunidades.
c.       Grupos religiosos e seculares: Trabalhamos com muitos grupos e organizações de modo que os sus membros possam entender melhor homossexuais, lésbicas, bissexuais e transgéneros e assim reconhecer e eliminar as actuais injustiças.
d.      Cuidados de saúde: Trabalhamos para promover a igualdade de acesso e a justiça em todas as áreas dos cuidados médicos e de saúde.
e.       Justiça para as Mulheres: Esforçamo-nos por erradicar o sexismo e visão unicamente patriarcal em todas as áreas da Igreja e da vida secular para que as mulheres sejam plenamente incluídas, aceites e acolhidas.
4.      PUBLICAÇÕES SOBRE A IGUALDADE: Dedicamo-nos a desenvolver o potencial de todas as pessoas para que se tornem mais humanas. Para  isso trabalhamos na erradicação de todos os impedimentos na nossa personalidade baseados nos papeis sociais da mulher e do homem e para promover a inclusão em todas as áreas da vida litúrgica e comunitária.
5.      ACONTECIMENTOS SOCIAIS: Promovemos actividades de natureza social e de lazer num clima onde a amizade se pode aprofundar e amadurecer e onde o sentimento de auto-aceitação e dignidade se afirme.
A tradução pode não ser a melhor pelo que aconselho o original em http://www.dignityusa.org/purpose.html
 

Este grupo americano pode ser inspirador para o nosso Riacho. Leiam o texto e pronunciem-se.

 

Bom dia do Senhor!

 

Abraço

 

Carlos


comentar
publicado por Riacho, em 27.06.07 às 00:25link do post | favorito

 Oração em torno da cruz (Taizé)

Extracto da carta de Calcutá

Para Deus, todo o ser humano é sagrado. Cristo abriu os braços na cruz para juntar em Deus toda a humanidade. Se nos envia para transmitir o amor de Deus até aos confins da terra é antes de mais através de um diálogo de vida. Deus nunca nos pede para medir forças com aqueles que não o conhecem.

 

Muitos jovens através do mundo estão dispostos a tornar mais visível a unidade da família humana. Têm de enfrentar uma questão: como resistir à violência, às discriminações, como ultrapassar muros de ódio ou de indiferença? Esses muros existem entre povos, entre continentes, mas também ao nosso lado e até no interior do coração humano. Então, somos nós mesmos que temos de fazer uma escolha: escolher amar, escolher a esperança.

Os imensos problemas das nossas sociedades podem alimentar o derrotismo. Quando escolhemos amar, descobrimos um espaço de liberdade para criar um futuro para nós mesmos e para aqueles que nos são confiados.

 

Com poucos meios, Deus torna-nos criadores com ele, onde as circunstâncias não são favoráveis. Ir ao encontro do outro, por vezes de mãos vazias, escutar, tentar compreender; e eis que uma situação bloqueada se pode transformar.

 

Deus espera-nos naqueles que são mais pobres do que nós. «O que fizestes a um destes mais pequeninos, foi a mim que o fizestes.» [Mateus 25, 40]

 

No Norte e também no Sul, enormes desigualdades alimentam o medo diante do futuro. Alguns, com coragem, consagram as suas energias a modificar estruturas de injustiça.

 

Interroguemo-nos, todos nós, sobre o nosso modo de vida. Simplifiquemos a nossa existência. E encontraremos disponibilidade e abertura do coração para com os outros.

 

Para conheceres o resto da carta clica no link de Taizé ali no teu lado direito.

 

Boa quarta-feira.

 

Carlos 

sinto-me: meditativo

comentar
publicado por Riacho, em 03.06.07 às 22:39link do post | favorito

QUEM SOMOS

O «RIACHO» é um espaço de encontro e reflexão entre cristãos homossexuais, que se constituiu a partir de Setembro de 2003, aquando da passagem por Lisboa de Don Domenico Pezzini, padre italiano que acompanha grupos de cristãos homossexuais na região de Milão e tem publicado diversos livros sobre a experiência de fé e a vivência da condição homossexual. Motivado e inspirado pelo grupo milanês «LA FONTE», algumas pessoas tomaram a iniciativa de criar em Portugal uma experiência similar constituindo um espaço de acolhimento e, ao mesmo tempo, fornecer momentos de aprofundamento e crescimento através de um caminho de espiritualidade capaz de permitir a integração da condição homossexual com a fé cristã.

O «RIACHO» toma a sua designação da pequena e frágil corrente de água que brota da nascente, mas que juntando-se a outras fortalece a vida presente no caudal maior que os nossos pequenos esforços.

 

COMUNIDADE ABERTA

O «RIACHO» assume-se como comunidade cristã, como experiência de Igreja, reconhecendo a pluralidade e a diversidade como parte integrante do seu percurso. Pretende proporcionar o aprofundamento da fé em Jesus e, simultaneamente, partilhar e reflectir sobre tudo aquilo que marca e interroga o modo de realização afectiva homossexual. Entende-se como um grupo aberto, como espaço onde se pode fazer em comum um percurso atento e valorativo da dimensão relacional da pessoa, onde a sexualidade se compreende como uma expressão da realização pessoal. A partir desta problemática, o «RIACHO» visa proporcionar a construção de relações positivas e construtivas que se traduzam em solidariedade e amizade em torno de Jesus, como referência comum e de unidade.

 

CONSCIÊNCIA HOMOSSEXUAL E CRISTÃ

O «RIACHO» coloca no centro da sua identidade a relação interpessoal. As pessoas que o integram acreditam que a fonte que alimenta a vida é o Amor e procuram em Jesus a referência central de uma relação fundada no Amor. Neste contexto, não se encara que as interpretações da condição homossexual, a nível teórico ou prático se concentrem exclusivamente na problemática da sexualidade ou da genitalidade, na sua forma mais redutora. Não se adere às perspectivas que procuram culpabilizar a vivência da homossexualidade como intrinsecamente desordenada, tão pouco se aceita a sua exaltação para além do seu real significado.


PERTENÇA ECLESIAL

O «RIACHO», constituído por crentes, reconhece-se no seio da Igreja, em particular na tradição católica romana; porém, este espaço encontra-se também aberto a todos e todas que numa situação de interrogação ou de procura no âmbito da experiência da fé, aceitem as dinâmicas e iniciativas propostas. Neste contexto, é conveniente sublinhar que a Fé não é encarada como uma ideologia ou um código moral onde, à partida, tudo esteja pré-definido. Considera-se que a experiência de Fé corresponde a um caminho marcado pela adesão total a Jesus. Apesar das dificuldades e obstáculos, confia-se que Jesus nos ajuda confortando os nossos passos com o seu perdão gratuito. Nesta comunidade que é a Igreja procura-se cultivar e alimentar os laços de unidade e de comunhão, abertos a dar e a receber para além do imediato ou de qualquer tipo de cálculo.


mais sobre nós
Fevereiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


pesquisar
 
Website counter
blogs SAPO