ESPAÇO DE ENCONTRO E REFLEXÃO ENTRE CRISTÃOS HOMOSSEXUAIS em blog desde 03-06-2007
comentar
publicado por Riacho, em 11.01.14 às 20:56link do post | favorito

Nimer, um estudante palestiniano, sonha com uma vida melhor no estrangeiro. Uma noite conhece Roy, um advogado Israelita, e apaixonam-se. À medida que a sua relação se aprofunda, Nimer é confrontado com a dura realidade de uma sociedade Palestiniana que se recusa a aceitá-lo pela sua identidade sexual e a sociedade Israelita que o rejeita pela sua nacionalidade. Quando o seu amigo próximo é apanhado ilegalmente em Tel Aviv e enviado de volta para a Cisjordânia, onde é brutalmente assassinado, Nimer tem que escolher entre a vida que julgava querer e o seu amor por Roy.


comentar
publicado por Riacho, em 23.09.13 às 21:21link do post | favorito

17.ª edição do festival de cinema queer começa hoje no São Jorge, com um público que tem alargado ao longo dos anos

 

Há poucos festivais que possam gabar-se de ter uma consistência de público tão grande como o Queer Lisboa. Há cinco anos que o Festival Internacional de Cinema Queer, cuja 17.ª edição arranca hoje no Cinema São Jorge, em Lisboa, onde assentará arraiais até 28 de Setembro, mantém praticamente intactos os resultados em termos de espectadores, em contra-corrente com o cenário de crise que se desenha no panorama português. "Tivemos até algum acréscimo de público na edição de 2012", admite ao PÚBLICO o director do festival, João Ferreira, que confessa ser algo no qual nunca pensou muito. "Temos dificuldade ainda em chegar aos números de um IndieLisboa ou de um DocLisboa, até porque temos uma programação muito mais especializada. Mas é verdade que, nos últimos anos, temos conseguido valores muito estáveis de público, o que nos dá uma grande segurança."

Um público que está cada vez mais jovem e universitário, na definição de João Ferreira, e que é também movido por uma grande curiosidade pela "diferença" abertamente assumida do evento, para o que tem contribuído o trabalho da actual equipa na "abertura" da programação para lá de temáticas exclusivamente LGBT (lésbica, gay, bissexual e transgénero). "Tem sido um processo um bocado longo", admite o director, "mas tem resultado". Cita as enchentes obtidas na edição 2012 com a exibição dos documentários Jihad for Love, sobre a situação dos homossexuais no Médio Oriente, e Marina Abramovic: The Artist Is Present, que atraíram um outro público ao Queer Lisboa, público esse que, depois, começa a explorar outras vertentes do festival. Este ano, João Ferreira vê Boy Eating the Bird"s Food, de Ektoras Lygizos, a escolha da Grécia para o Óscar 2014 de Melhor Filme Estrangeiro, como a aposta mais forte para atrair esse outro público - mesmo admitindo que se trata de uma obra mais fechada e mais densa, integrada na actual corrente "radical" de cinema grego alternativo que nos deu obras comoCanino, de Yorgos Lanthimos, ou Attenberg, de Athina Rachel Tsangari.

Boy Eating the Bird"s Food (que passa quarta, 25, às 19h30) é também um dos três filmes que o director do Queer Lisboa destaca na programação deste ano, a par dos documentários sobre o escritor e comentador americano Gore Vidal, United States of Amnesia, de Nicholas Wrathall (sábado, 28, 15h00), e sobre o activista gay que atravessou nu o palco da entrega dos Óscares em 1974, Uncle Bob, de Robert Appel (quinta, 26, 21h30). O Queer inaugura hoje às 21h00 com a projecção do documentário de Malcolm Ingram Continental, e apresentará domingo, às 22h00, a estreia nacional do aclamado documentário de Joaquim Pinto E Agora? Lembra-me, premiado em Locarno 2013. O programa integral pode ser consultado no site oficial em http://queerlisboa.pt e os bilhetes custam €4,00.

 

Fonte: http://www.publico.pt/cultura/jornal/queer-lisboa-comeca-hoje-a-contracorrente-da-crise-27118832


comentar
publicado por Riacho, em 10.02.13 às 23:44link do post | favorito

Blaine (Nicholas Downs) é um típico jovem gay à procura do amor verdadeiro, porém sem muito sucesso até encontrar numa sala de chat Xander (David Loren), o homem dos seus sonhos. Eles rapidamente começam um relacionamento virtual. Em pouco tempo, eles decidem encontrar-se cara-a-cara para um encontro. Mas no mundo de Blaine, nada é fácil. Ele descobre que está a conversar com o seu novo namorado online com o perfil do seu companheiro de quarto: Cameron. O problema é que Cameron (Adam Huss) é um dançarino go-go boy sexy, e esse é o tipo que Xander está à espera para ver. Blaine convence o seu colega de quarto a passar-se por ele até que ele possa conquistar Xander com a sua inteligência e charme.




comentar
publicado por Riacho, em 04.02.13 às 23:21link do post | favorito

Um casal gay sueco tenta adotar um filho. Depois de muitas dificuldades eles recebem a notícia de que foram aprovados. Só que ao invés de uma criança de um ano e meio, quem chega à casa deles é Patrik, um adolescente de 15 anos homofóbico e delinqüente.




comentar
publicado por Riacho, em 23.09.12 às 21:58link do post | favorito


Um caso de uma noite dá origem a um relacionamento. Uma história de amor pouco convencional entre dois jovens que tentam dar sentido a suas vidas. Passou no Queer e é um filme muito terno e que puxa muitos temas à reflexão. Para quem não viu pode ver online aqui: http://www.movie2k.to/Weekend-watch-movie-1245029.html Bons filmes!


comentar
publicado por Riacho, em 13.09.12 às 23:20link do post | favorito


O Queer Lisboa vai ser de 21 a 29 de Setembro, no Cinema São Jorge.

comentar
publicado por Riacho, em 06.09.12 às 23:22link do post | favorito
<i>Weekend</i> abre a edição deste ano do festival
Weekend abre a edição deste ano do festival (DR)
 O Queer Lisboa - Festival de Cinema Gay e Lésbico anunciou esta quarta-feira ao fim da tarde em Lisboa o seu programa 2012. A decorrer nas salas do cinema São Jorge entre 21 e 29 de Setembro, a 16.ª edição do certame propõe ao todo 91 filmes de temática GLBT (gay, lésbica, bisexual e transgender), voltando a assestar os holofotes sobre uma cinematografia cada vez mais aberta ao mundo e cada vez mais relutante em ficar no nicho onde muitos a querem manter enquadrada.

É o caso do filme de abertura deste ano: Weekend, do cineasta inglês Andrew Haigh, sobre um encontro de fim-de-semana entre dois homens que parece abrir a porta para uma relação a tempo inteiro. Weekend tem sido aclamado um pouco por todo o mundo como um grande filme sobre a dificuldade de encontrar e agarrar o amor no mundo em que vivemos, mais do que apenas um “filme gay”. 

Alguns outros filmes da selecção competitiva têm igualmente transcendido a gaveta gay; casos de Keep the Lights On, vencedor do prémio Teddy em Berlim 2012, assinado pelo cineasta independente americano Ira Sachs, cuja obra anterior dificilmente encaixaria na catalogação queer, ou Beauty, do sul-africano Olivier Hermanus, sobre a homofobia e a homossexualidade na comunidade afrikaner na África do Sul. Keep the Lights On e Beauty são duas das dez longas-metragens a concurso, que serão avaliadas por um júri composto pela actriz Mónica Calle, pelo cineasta João Rui Guerra da Mata e por João Federici, director do festival brasileiro Cinema Mix. 

O Queer propõe igualmente uma competição para Melhor Documentário e, pela primeira vez, um concurso para a melhor curta-metragem portuguesa, à qual concorrerão entre outros Gabriel Abrantes (com Fratelli, co-dirigido por Alexandre Melo e estreado em Vila do Conde 2011) e António da Silva (com Bankers e Pix). 

Para lá das já tradicionais secções (Noites Hard, Queer Pop e Queer Art, esta última com a exibição do documentário sobre Marina Abramovic The Artist Is Present), o Queer 2012 apresenta uma retrospectiva sobre o cinema GLBT feito no Brasil, sob o genérico Queer Brasil, e outra sobre o cineasta underground britânico Peter de Rome.

De destacar ainda a apresentação de O Rei dos Gnomos, longa-metragem assinada pelo artista João Pedro Vale e Nuno Alexandre Ferreira à volta do caso do sucateiro da Lourinhã, encomendada por Guimarães 2012 Capital da Cultura. O programa pode ser consultado no site oficial em www.queerlisboa.pt.

 

Fonte: http://www.publico.pt/Cultura/16-edicao-do-queer-lisboa-abre-com-o-aclamado-filme-ingles-weekend-1561915


comentar
publicado por Riacho, em 28.06.12 às 22:37link do post | favorito

Filme muito bonito. Sem tradução mas que se compreende facilmente!

 


mais sobre nós
Abril 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
Website counter
blogs SAPO