ESPAÇO DE ENCONTRO E REFLEXÃO ENTRE CRISTÃOS HOMOSSEXUAIS em blog desde 03-06-2007
comentar
publicado por Riacho, em 30.08.09 às 21:10link do post | favorito

Olá

 

Ontem à noite fomos ao Parque Mayer ao concerto dos Deolinda. Foi mesmo muito bom. Conheçam e deliciem-se com este projecto musical. Fica a música que talvez tenha tocado mais os nossos corações.

 

Abraço

 

 

 


comentar
publicado por Riacho, em 29.08.09 às 23:47link do post | favorito

 

"Jesus chamou de novo a Si a multidão e começou a dizer-lhe: «Escutai-Me e procurai compreender. Não há nada fora do homem que ao entrar nele o possa tornar impuro. O que sai do homem é que o torna impuro; porque do interior do homem é que saem as más intenções: imoralidades, roubos, assassínios, adultérios, cobiças, injustiças, fraudes, devassidão, inveja, difamação, orgulho, insensatez."


Marcos 7, 1-8.14-15.21-23


comentar
publicado por Riacho, em 29.08.09 às 10:22link do post | favorito

Olá

 

Aqui fica uma simpática sugestão para os próximos dias e um convite especial para participar no ensaio que é também uma forma de ajudar a ILGA. Não deixes de participar.

 

Abraço

 

5 de Setembro
5€ pelo privilégio de ver em primeira mão o musical
e ainda ajudar a ILGA Portugal!

UAU oferece receita de espectáculo à Associação ILGA Portugal

UAU encena o musical "Rapazes Nus a Cantar" cujo ensaio aberto ocorre dia 5 de Setembro às 22h no Auditório do casino Estoril. A receita das vendas deste ensaio aberto reverterão para a ILGA Portugal

Os bilhetes custam 5€ e estão à venda nos locais habituais. 



RAPAZES NUS A CANTAR

Rapazes nus a cantar... Será que o título já diz tudo?

O elenco de Rapazes Nus a Cantar dança, canta e representa livre de convenções, concentrando-se na sua arte e nos 16 temas originais que trás a palco.

 

A partir de uma ideia base de Robert Schrock, Rapazes Nus a Cantar é uma comédia musical, ao melhor estilo Vaudeville, que celebra o esplendor da nudez masculina.

Com dez anos de existência, tem feito furor junto de públicos variados, surpreendendo os mais cépticos e provando que o talento não se mede pelo guarda-roupa do artista.

Ainda em cena, Rapazes Nus a Cantar estreou em 1999 no The Actor’s Playhouse, um teatro Off-Broadway. Desde então, o conceito espalhou-se pelo mundo com produções em Roma, Sidney, Cidade do Cabo, Londres, Oslo, Amesterdão, Hamburgo, Joanesburgo, Madrid, Paris e Tóquio, para além das produções em diversas cidades dos Estados Unidos, como Houston, São Francisco, Forte Lauderdale, Portland, Chicago e São Diego.

Em Portugal, Rapazes Nus a Cantar conta direcção de Henrique Feist e direcção musical de Nuno Feist


comentar
publicado por Riacho, em 29.08.09 às 01:06link do post | favorito

I need you now

More than words can say
I need you now
I've got to find a way
I need you now
Before I lose my mind
I need you now

 

Have a great week-end.

 

 


comentar
publicado por Riacho, em 28.08.09 às 00:07link do post | favorito

 

A Câmara de Deputados do Uruguai aprovou, esta quinta-feira, um projecto de lei que autoriza a adopção por parte de casais homossexuais, num acto inédito na América Latina.

 

O diploma tem de ser novamente apreciado pelo Senado, já que os deputados introduziram algumas alterações ao documento inicial, que também tinha sido aprovado.

 

O Uruguai deverá, assim, ser o primeiro país da América Latina a legalizar a adopção por parte de casais homossexuais, apesar das críticas da Igreja Católica e de parte da oposição política de direita.

 

 

Em 2008, o Uruguai autorizou a união civil entre casais homossexuais e em Maio deste ano aboliu a norma que impedia o acesso de homossexuais às escolas militares.

 

Fonte: http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Internacional/Interior.aspx?content_id=1346375

 

 


comentar
publicado por Riacho, em 27.08.09 às 23:59link do post | favorito

As organizações líderes do Movimento pela Cidadania LGBT dos EUA prestaram tributos à memória do Senador Ted Kennedy, falecido aos 77 anos, de câncer no cérebro.

 

O presidente da Campanha de Direitos Humanos, Jon Solmonese, falando em nome das ONGs e instituições de direitos LGBT, afirmou que “a Nação perdeu seu maior campeão e a sua voz mais forte pela justiça, igualdade e compaixão” e acrescentou:

 

“A perda para nossa comunidade é incomensurável. Não houve um herói maior na luta pela cidadania LGBT do que o Senador Ted Kennedy. Desde a criação de fundos para combater a AIDS – quando os conservadores a chamavam de ‘câncer gay’ – até a luta atual pela igualdade de direitos de casamento, ele vinha sendo um protetor, um líder, um amigo. Ele estava no coração da luta interminável por direitos civis – e agora deixa um vazio doloroso. Nossos corações estão com a família Kennedy – nossa família”.

 

Edward “Ted” Kennedy foi senador pelo estado de Massachusetts desde 1962 (um ano antes do assassinato do presidente John F. Kennedy, seu irmão) e sempre esteve à frente de campanhas pró-diversidade, a mais recente delas pelo fim da proibição de pessoas LGBT servirem nas Forças Armadas. Ele também introduziu emendas expandido as leis federais contra crimes de ódio, para incluir crimes por gênero, identidade de gênero, orientação sexual e deficiência.

 

Chuck Wolfe, presidente do Gay & Lesbian Victory Fund – um grupo dedicado a aumentar o número de pessoas LGBT em posições políticas estratégicas – assinou nota oficial lamentando o falecimento: “Bons homens servem aos outros; grandes homens servem aos menos favorecidos. O Senador Kennedy foi um grande homem, que fez carreira na luta pelos carentes, pelas mulheres, pelas minorias étnico-raciais e por direitos humanos para os LGBT da América. Sua vida foi marcada pela generosidade e pela tenacidade lendária que lhe rendeu o respeito de seus colegas e opositores e a afeição do público a quem ele servia. Ele sempre ocupará um lugar especial nos corações das pessoas LGBT, que viam nele um campeão indomável pela igualdade total”.

 

Fontes: Pink News, Queerty, Washington Post online

Versão para o português: Eduardo Peret


comentar
publicado por Riacho, em 27.08.09 às 00:03link do post | favorito

O segmento de turismo gay tem vindo a crescer um pouco por todo o Mundo. Em Portugal abre em Lisboa, em Novembro, mais um hotel da cadeia Atittude, específica para gays e lésbicas.

Esta cadeia tem hotéis na Aústria, Bélgica, França, Alemanha, Itália, Malta, Países Baixos, Reino Unido, Républica Checa, Hungria e nos Estados Unidos. Em Portugal, já existem três hotéis Atittude, dois no Algarve e um em Lisboa. Em Novembro, serão quatro.

Os hotéis Atittude primam por uma arquitectura de interiores muito bem cuidada e existem em três categorias: Premium, Confort e Value, para diferentes bolsos e consequentes serviços.

Ainda que a identidade dos hóspedes esteja sempre protegida, poderá pôr um perfil e saber quem estará no hotel, nas datas em que reservou, assim poderá evitar encontros indesejados ou promover algum.

A casa Charneca, em Faro, está votada na Planitgay como um dos 20 melhores lugares do Mundo para a comunidade. O mesmo local está também mencionado no site Pinkchoice.

Em Lisboa, existe também um hotel, Anjo Azul, a que apelidam o mais antigo hotel gay português, situado no coração do Bairro Alto.

Faro e Lisboa figuram na lista das melhores 20 cidades gay do Mundo. Lisboa aparece em décimo lugar e Faro em vigésimo, na votação da Planitgay.

Em contrapartida, no gaycities.com, nenhuma cidade portuguesa está mencionada, enquanto em Espanha, Madrid e Barcelona figuram.

Existem também algumas agências especializadas em viagens gay, por exemplo a gaycruisevacations.com. No dia 29, promove um cruzeiro que parte de Roma, com passagem por Itália, Egipto e Ilhas Gregas, pelo valor de 1540 dólares por pessoa. Especificamente para a comunidade lésbica o site olivia.com propõe inúmeras soluções de viagens e contacto entre os seus membros. Em Portugal, um dos poucos agentes que pertence à International Gay &Lesbian Travel Association (ILGTA) é a agência Colour Travel, em Lisboa. Aqui poderá encontrar várias opções desde o roteiro Portugal Cultural; viagens até aos Açores ou Madeira são algumas das que poderá escolher.

 

Fonte: http://jn.sapo.pt/Dossies/dossie.aspx?content_id=1344584&dossier=Viva%20%2B%20Ver%E3o

 

tags: ,

comentar
publicado por Riacho, em 23.08.09 às 00:28link do post | favorito

Olá

 

Aqui está um grande exemplo de inclusão, de humanidade e de não discriminação da Igreja Luterana Evangélica no acesso ao ministério de ser pastor  e com quem a Igreja católica e outras denominações cristãs muito podem aprender. 

 

"DALLAS (Reuters) - A maior denominação luterana dos Estados Unidos facilitou o processo para que gays e lésbicas em relações estáveis tornem-se pastores, encerrando uma política na qual eles poderiam ser clérigos caso permanecessem em celibato.

 

A Igreja Luterana Evangélica dos EUA encorajou suas congregações a encontrarem meios de apoiar ou reconhecer membros em "relações do mesmo sexo, comprovadamente duradouras e monogâmicas".

 

No entanto, isso não significa uma sanção oficial ao casamento gay ou uma aprovação para qualquer celebração do matrimônio entre homossexuais.

 

Ainda assim, a resolução é uma das mais liberais em qualquer denominação norte-americana em questões de orientação sexual, hoje um dos temas mais controversos em termos políticos e religiosos nos Estados Unidos.

 

A igreja, que possui 4,6 milhões de adeptos, adotou a resolução em seu encontro bienal em Mineápolis.

 

"É sobre pessoas em relações comprometidas do mesmo sexo", disse John Brooks, diretor de comunicação e um dos porta-vozes da Igreja Luterana Evangélica.

 

Anteriormente, gays e lésbicas eram impedidos de participar das cerimônias a não ser que permanecessem em celibato.

 

Aprovada por 559 votos a favor e 441 contra, a resolução afirma que a igreja se comprometerá a buscar soluções para que pessoas em "relações do mesmo sexo, comprovadamente duradouras e monogâmicas sirvam como líderes incluídos nesta igreja".

 

A medida aplica-se a pastores e obreiros. A assembleia ainda tem de aprovar mudanças procedimentais para levar a resolução adiante. Segundo Brooks, a nova política da igreja deverá ser adotada a partir de 2010.

 

A iniciativa cerca de um mês depois de a Igreja Episcopal dos EUA decidir, na prática, abolir o compromisso de ser "austera" ao analisar candidatos gays ao episcopado, o que provocou cisões na comunidade anglicana ao redor do mundo.

 

A Igreja Episcopal, uma ramificação norte-americana do Anglicanismo, está desenvolvendo os rituais e as liturgias oficiais para abençoar casamentos homossexuais."

 

Fonte: http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/08/21/igreja-luterana-dos-eua-permitira-que-gays-se-tornem-pastores-767251645.asp


comentar
publicado por Riacho, em 22.08.09 às 17:07link do post | favorito

Olá

 

Se necessitas de comprar algo para a casa ou apenas uma prenda para o teu namorado passa pela Eder Val, uma loja aberta recentemente em Lisboa, que fala directamente para o público gay. A notícia da sua divulgação é da Time Out que transcrevemos.

 

Abraço e como dizia o saudoso Solnado, façam o favor de serem felizes.

 

"Bruno Horta descobriu uma loja de decoração que fala directamente para o público gay.


Que muitos homens gay são clientes habituais de lojas de decoração, toda a gente sabe. Mas raras são as lojas que assumem ter maioritariamente esse tipo de clientela. Finalmente, aparece uma que o faz. Chama-se Eder Val e foi inaugurada há quatro meses na Quinta do Lambert. Segundo o seu responsável, Eder Santos, estão à venda “inúmeros objectos com forte apelo ao público gay”. Exemplos? As frases “My Sexy Lover” numa linha de toalhas, o biombo verde alface, os tapetes violeta ou o São Sebastião (ícone gay) em azulejo. Eder Santos, de 34 anos, estudou Marketing e Publicidade na Escola Técnica de Comunicação do Rio de Janeiro – cidade onde nasceu.

E frequentou o curso de Design de Interiores da Universidade Estácio de Sá. O trabalho dele tem três vertentes: venda de peças, decoração, desenho de têxteis e tapetes. Quer isto dizer que a loja funciona como ponto de venda dos objectos expostos, mas os clientes também podem mandar fazer tapetes, toalhas ou lençóis bordados e, ainda, pedir conselhos ou projectos completos de decoração para as suas casas. “Vou a casa dos clientes, ver o espaço e ouvir a opinião”, diz. “Trabalho em diálogo e não decido sozinho.”

O espaço é pequeno e tem um ar pesado, com muitas peças clássicas – o que, para o decorador, se explica por ter nascido numa família conservadora, à antiga brasileira. Há candeeiros, castiçais, pinturas, serviços de chá, tapetes, lençóis, toalhas, cadeirões, esculturas. De momento, a peça mais cara é uma tapeçaria de Portalegre cujo preço ronda 28 mil euros. Tudo o resto tem preços bastante mais terrenos.

Eder Santos vive em Lisboa há oito anos e considera que a cidade dá “liberdade total” aos gays, sobretudo na vida pública. “Mas muitos ainda não sabem aproveitar essa liberdade”, observa. É isso que, na sua opinião, explica “a ausência de um comércio gay forte”. Ainda assim, garante que não lhe têm faltado clientes. E espera em breve “criar um linha têxtil mais adulta” para gays e lésbicas, com frases ou imagens eróticas.

Loja e ‘showroom’ Eder Val. 21 757 52 45. R Mário Castrim 6 (Quinta do Lambert). Seg-sex, 11.00-19.30; Sáb, 10.00-14.00"

Fonte: http://www.timeout.pt/news.asp?id_news=4049

tags:

comentar
publicado por Riacho, em 14.08.09 às 23:26link do post | favorito

Um bom fim de semana.

 

Faz alguém feliz!

 

 


mais sobre nós
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
13
15

16
17
18
19
20
21

24
25
26

31


pesquisar
 
Website counter
blogs SAPO
subscrever feeds